Entenda-me .


Julgar alguém seja seu modo de viver, é uma ação muito fácil, recriminar, culpar, questionar é muito simples. O difícil é entender porque essa pessoa leva sua vida desse “modo”. Antes ponha-se no lugar primeiro, veja os caminhos que essa pessoa percorreu, tente parar e pensa se “voce” teria uma ação melhor, ou, faria igual. Nem sempre o errado para alguém, é o mesmo para outra. Nem sempre podemos reagir como desejamos, cada situação na vida é realizada da maneira com que nós sentimos sua intensidade. Calcular um passo errado nos olhos de outra pessoa remete a compreensão real de como se sentiu ou se sente diante de um problema. O caminho é difícil, exige auto-controle, coisa que nem sempre temos. 




"Tente sentir o que sinto, e saberás que a rosa perdeu suas pétalas não porque perdeu uma batalha, mais sim, porque estava enfrentando uma guerra ."




Pâmella Ferracini, autora.

14 Comentários

  1. Lindo. Isso é bem verdade, não podemos julgar até sabermos exatamente de tudo, e nunca saberemos de tudo!
    Sei como é essa vontade de julgar, mas élendo textos assim que eu me lembro porque seria ridículo tentar.
    Amo seu blog, passo por aqui as vezes ;D
    Beeijos!

    recantodalara.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Pâmella, quanta verdade em suas palavras.
    É tão fácil julgar sem saber realmente o que o nosso semelhante passou.
    Vivi essa situação a um certo tempo atrás, e me senti muito magoada ao ver que a pessoa que eu considerava minha amiga, sem sequer saber por completo o que passei, me julgou.

    Amei a frase final, se não se importar levarei para a minha página no facebook, com os devidos créditos, é claro.

    Beijos de um delicioso dia.

    ResponderExcluir
  3. Acho que é bem isso mesmo, antes de julgar saber realmente o motivo das atitudes da outra pessoa.
    Eu em particular amei a frase final.
    Beijão querida!

    ResponderExcluir
  4. Pam, tem uma retrospectiva 2011 lá no Wink! pra ti fazer. ^^
    Bjo.

    http://miasodre.blogspot.com/2011/12/retrospectiva-2011.html

    ResponderExcluir
  5. Oi td bem?
    Tb sou das blogueiras unidas n°1124 e já estou seguindo.
    Venha visitar o meu cantinho e seguir tb
    http://maosdemocas.blogspot.com/
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá Pâmella!
    Estou seguindo seu blog também. Já estou gostando daqui, com certeza voltarei mais vezes! :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde minha querida Pân,posso chama-la assim?
    Que palavras tênues e profundas.Refletem com fluidez os versículos de Mateus 7.Pois temos que aprender a não julgar os outros,pois é a partir disso que surgem os preconceitos.Devemos sempre analisarmos a nós mesmos para depois pensarmos na hipótese de colocar os outros numa balança.Afinal,quem somos nós?Mas infelizmente não nos importamos em retirar o cisco do nosso olho,pois estamos sempre a nos importar com os erros do nosso irmão.
    Um grande abraço e fico por aqui.
    Beijos da Tammy.

    ResponderExcluir